quarta-feira, 13 de maio de 2015

Pão do Vaticano

Olá...

Estive durante uma semana entretida ás voltas com um bolo, aquele a que chamam Pão do Vaticano, que de pão não tem nada. Mas na minha opinião, ser pão ou bolo não altera em nada o sabor, divinal.

Tudo começa por uma massa oferecida. Depois, durante uma semana têm-se de alimentá-la para que possa ser dividida em quatro partes iguais e assim dar continuidade à tradição.

             Desconhecidas as verdadeiras origens, reza a história que:

                          Este pão traz boa sorte a toda a família.
                      Aquele que o coze tem um desejo realizado.
                   Apenas se deve fazer este pão uma vez na vida.


                                        As regras são simples:

  • Começar numa 2ª feira
  • O fermento, massa oferecida, não pode ir ao frigorífico
  • Colocar a massa numa taça de vidro e cobrir com um pano de cozinha, deixar num local fresco da casa.
  • Mexer apenas com a colher de pau, não use talheres de metal ou as mãos.



2ª feira: junte 250 gr açúcar - Não mexer;

3ª feira: junte 250 ml de leite fervido e arrefecido - Não mexer;

4ª feira: junte 250 gr de farinha - Não mexer;

5ª feira: hoje pode mexer tudo - apenas com uma colher de pau;



6ª feira: junte 250 gr de açúcar, 250 ml de leite fervido e arrefecido e 250 gr de farinha. Mexer ao redor e dividir em 4 porções. Dar 3 porções. A 4ª fica para si e é com ela que faz o pão;





Sábado: para a 4ª porção junte 250 gr de farinha, 1/2 colher de sopa de bicarbonato de sódio, 1 colher de sopa de fermento em pó, 3 ovos, 250 ml de óleo, nozes picadas grosseiramente, 1/2 colher de sopa de canela, 3 punhados de passas, pedaços de maçã e raspas de chocolate (eu não coloquei o chocolate).




Leve a forno quente a 180º numa forma da sua preferência, até o palito sair limpo. 

Dê as 3 porções a 3 pessoas diferentes, juntamente com esta receita e com uma fatia do bolo que fez.

                                                    

                                                       BOA SORTE 
                                         E 
                                 BOM APETITE




9 comentários:

  1. Este pão é delicioso, também já tive oportunidade de o fazer.
    É pena só podermos fazer uma vez na vida ... :)
    Beijinhos
    Petiscana

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Bom isso de só se pode fazer uma vez, acho que vou quebrar a tradição. :-)

      Eliminar
  2. Tenho curiosidade em experimentar!
    Beijinho

    Recanto com Tempero
    http://recantocomtempero.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não sei de que parte do país é, pode ser que falte pouco para chegar ai "a sorte". :-)

      Eliminar
  3. Olá Lili!!
    Fiquei encantada com essa linda tradição, que leva tanta energia boa e espalha amor por aí...nem importa se é bolo ou pão, deve ser delicioso!!!
    Beijos e lindo dia pra ti! =)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É verdade o importante é a partilha, a história envolvida e não o facto de ser pão ou bolo. Bjinhos e continuação de uma boa semana.

      Eliminar